quarta-feira, 3 de abril de 2013

Muitas felicitações pela nossa Subida

Postado Por: with Sem Comentarios
Foram várias as personalidades que manifestaram publicamente o seu contentamento pela nossa subida à primeira liga, quando ainda faltam 9 jornadas para o final do campeonato.

Presidente da FPF felicita o nosso clube.
Fernando Gomes, presidente da FPF, no site da Federação, dá os parabéns ao nosso clube pelo regresso ao escalão principal do futebol português.

Quero dar os parabéns ao Clube de Futebol 'Os Belenenses' pela garantia, obtida esta tarde, de regresso ao escalão máximo do futebol português. Vencedor de três Campeonatos de Portugal, três Taças de Portugal e Campeão Nacional na época 45/46, o Belenenses é um clube histórico, cuja participação no principal campeonato do nosso País contribuirá certamente para valorizar a competição.

A todos os jogadores, treinadores, dirigentes e adeptos belenenses reitero as felicitações, desejando que o Clube venha contribuir para a competitividade e a emoção da Liga."

Presidente da Câmara de Lisboa saúda o nosso clube.
O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), António Costa, felicitou hoje o Belenenses pela sua promoção à I Liga de futebol, três anos após a descida ao segundo escalão.

"É uma conquista que honra Lisboa e a história do Belenenses. À direção, adeptos, jogadores e equipa técnica, o presidente da CML deseja os maiores sucessos nesta nova etapa da vida do clube", lê-se numa nota enviada pela câmara.

Com a subida do Belenenses, que se junta a Benfica e Sporting, a I Liga voltará a ter três clubes de Lisboa na próxima temporada.

Presidente da AFL felicita Belenenses pela subida.
O presidente da Associação de Futebol de Lisboa considera que a capital "assume maior preponderância e poder" com o regresso do Belenenses à primeira Liga.

Nuno Lobo, presidente da Associação de Futebol de Lisboa, considera que a subida de divisão do Belenenses ao escalão máximo do futebol português, aliada às presenças de Estoril, Benfica e Sporting na primeira Liga, oferece a Lisboa "maior preponderência e poder" no futebol português.

"Com a subida do Belenenses, Lisboa assume maior preponderância e poder, não só a nível desportivo e competitivo, mas também a nível dos fóruns e palcos principais de discussão do futebol português", disse o dirigente, congratulando-se por Lisboa assumir "novamente a liderança do futebol profissional".

"Estou convicto que é a rutura do futebol português, que vai impor um fim no apogeu das equipas do norte e centro do país que aconteceu nos últimos 30 anos", exaltou.

Abel Braga feliz pela nossa subida.
Abel Braga lembrou a sua subida de divisão na época 1991/92 pelo Belenenses, onde conseguiu o feito de cumprir 24 jogos sem saber o que era perder.

«O Belenenses marcou-me muito. Fico feliz por saber da subida da equipa agora. Eu assumi a equipa quando esta estava no décimo primeiro lugar. Perdemos à oitava jornada com o Tirsense e depois já não perdemos mais. Quando isso voltou a acontecer já estávamos em maio e já tínhamos subido de divisão», lembrou.

Do clube guarda «o glamour do Restelo», «a vista fantástica para o Tejo» quando acordava, os «jantares em Alcantâra» e «a pesca com os amigos». Mas também guarda lições de futebol.

«O futebol português me influenciou e muito. Claro que eu levei coisas daqui para lá que me ajudaram muito, mais ligadas à relação com os jogadores. O que eu consegui lá foi ver que poderia conseguir da minha equipa, dos meus jogadores, uma versatilidade tática muito maior. Os jogadores davam na Europa uma resposta bem diferente comparativamente com o Brasil. Trouxe de lá essa lição».

Nessa altura, o Belenenses tinha passado a contar com um campo de treino atrás do estádio, e o relvado do Restelo deixou de ser fustigado pelos treinos. Uma mudança que fez a diferença e que ajudou à subida como recorda o treinador.

«O Belenenses tinha acabado de construir um campo de treino atrás do estádio que foi muito importante. O terreno de jogo ganhou uma qualidade boa porque deixámos de trabalhar lá. E isso teve importância naquela época».

Abel Braga acompanha à distância o futebol português e a partir do Rio de Janeiro saúda o regresso do Belenenses à Primeira Liga.

Marinho Peres ficou eufórico com a subida.
Marinho Peres é um dos treinadores mais queridos no Belenenses, acima de tudo pela conquista da Taça de Portugal, em 1988/89.

A noticia da subida do “seu” Belenenses foi-lhe dada por O JOGO, poucos minutos depois da confirmação, e Marinho Peres ficou emocionado.

Estou em Santos [São Paulo], mas fico super contente por te ouvir dizer que o Belenenses subiu à I Liga. Fico bastante orgulhoso por esse regresso do clube, onde bem merece estar", elogiou.

E deixou um voto: Acredito que o Belenenses vai voltarem grande e a ser um clube conquistador, como sempre foi".
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário