terça-feira, 18 de setembro de 2012

Futsal: Vitória inequívoca

Postado Por: with Sem Comentarios
Realizou-se no Pavilhão da Luz, o jogo da 1ª Jornada da Divisão de Honra de Juniores da A.F. de Lisboa no qual o Belenenses foi vencer por 2-4, os encarnados deixando antever mais uma boa época desportiva.

De facto a nossa equipa demonstrou sempre uma superioridade inequivoca, tanto ao nível táctico como na qualidade técnica dos atletas que compõem as duas equipas.

Alicerçando a nossa equipa num Sérgio imponente entre os postes a dar uma enorme confiança aos seus colegas, tendo depois o nosso capitão Barros ainda à procura da sua melhor forma, mas já com uma postura e capacidade importantíssimas, com Hugo excelente posicionamento e cultura táctica, e depois com Pauleta verdadeiramente endiabrado a colocar a cabeça em águas aos seus adversários e com David fantástico a defender demonstrando uma garra fabulosa, apesar de muitas vezes dar a ideia de estar ausente do jogo, e sempre muito perigoso a atacar, David mostrou que é um jogador de eleição, ao nível dos melhores do Pais na sua idade, que quando conseguir manter o nível de intensidade sempre em alta será um caso sério no futsal nacional o técnico Carlos Teixeira pode-se considerar um técnico feliz pois tem sem dúvida um dos melhores grupos do futsal lusitano ao nível junior.

Mas não se pense que apenas estes 5 que iniciaram mais uma dura e árdua caminhada foram importantes, pois a juntar a estes tivemos Fred aos poucos a regressar ao seu melhor, conseguindo um golo de grande inteligência na marcação de um livre, Ivo Magina excelente na estratégia da equipa a segurar muito bem a bola e ganhar faltas importantes, Márcio que está a dar os primeiros passos ao mais alto nível, pena o penalti e expulsão mas irá ser por certo um valor seguro para o campeonato que agora se iniciou, Norinha excelente nas tarefas defensivas e de organização de jogo mas menos esclarecido na altura da finalização, Noddy ainda juvenil que fez o que o técnico pediu e será também uma peça importante na equipa que contou ainda com Cravinho e Alex, que embora não jogando foram exemplares na atitude e apoio aos colegas, colaborando bastante para a coesão do grupo.

Por último não esquecer Mota e Gui, que embora tendo ficado de fora neste jogo, têm também o seu lugar no Grupo pese o facto de sendo juniores de 1º ano possam estar ainda num patamar inferior ao de alguns dos restantes colegas mais velhos e mais rotinados, e serão por certo com o correr do campeonato peças importantes na nossa equipa.

Quanto ao jogo em si a nossa equipa venceu tranquilamente apesar de os números poderem denotar algum equilíbrio.

De facto e entrando muito forte no jogo a nossa equipa rapidamente chegou à vantagem fruto de 2 golos marcados por Pauleta e Hugo Eduardo.

E durante toda a primeira parte a nossa equipa foi explanando o seu futsal perante a incapacidade dos encarnados em parar os nossos jogadores. O resultado poderia ainda ter sofrido alteração mas na marcação de um livre de 10 metros Fred primeiro permitiu a defesa ao guarda redes dos encarnados e depois na recarga enviou a bola ao poste.

No reinicio foi de novo a nossa equipa quem entrou por cima e primeiro numa rápida reposição de bola Hugo Eduardo por muito pouco não conseguiu desfeitear Rodrigo e pouco depois um passe fantástico de Sérgio para Pauleta só não resultou em golo porque o remate acrobático em habilidade no nosso jogador embateu na trave.

E contra todas as previsões foi a equipa encarnada quem chegaria ao golo numa grande penalidade a surgir de um corte de Márcio com a mão a evitar o golo, que foi marcado por Fábio com um remate rasteiro que finalmente bateu Sérgio.

No entanto apenas 2 minutos depois a nossa equipa voltou aos 2 golos de vantagem na sequência de um livre lateral que Fred rematou rasteiro fazendo a bola entrar ao primeiro poste entre o guarda redes e um defensor vermelho.

A nossa equipa como que adormeceu um pouco e permitiu que um bom passe de um jogador da casa embora beneficiando de alguma falha de marcação da nossa equipa encontrasse Nando livre de marcação ao segundo poste e batesse Sérgio que nada podia fazer.

Mas a partir daqui a nossa equipa voltou a tomar conta da partida apesar de atingir a 5ª falta a cerca de 7 minutos do final, (sendo que 3 delas resultaram de alegadas mão na bola) não permitindo que os encarnados voltassem a incomodar Sérgio e quando faltavam 2 minutos para o final da partida David numa excelente transição colocou a bola ao segundo poste onde apareceu Pauleta a dar a estocada final fuzilando Rodrigo e estabelecendo o 2-4 final.

Belenenses: Sérgio (Gr), Nuno Barros, Hugo Eduardo, Pauleta e David Freitas 
Jogaram ainda: Márcio, Tiago Norinha, Fred, Ivo Magina e Noddy

Treinador: Carlos Teixeira
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário