sábado, 6 de outubro de 2012

Desp. Aves vence e retira liderança ao Belenenses

Postado Por: with Sem Comentarios
Um "bis" do suplente Rabiola fez regressar hoje o Desportivo das Aves às vitórias, por 2-1, e retirou a liderança da II Liga de futebol ao Belenenses, num jogo intenso da nona jornada.

O Aves, justo vencedor, perdia ao intervalo, com um golo de Fernando Ferreira, apontado aos 22 minutos, mas deu a volta ao resultado no segundo tempo, com tentos de Rabiola, aos 68 e 86, este último na cobrança de uma grande penalidade contestada pelos "azuis", por alegadamente a falta de João Meira ter sido feita fora da área.

O Aves entrou melhor no jogo e, aos 11 minutos, levou perigo à baliza de Matt Jones, com Dally a chegar ligeiramente atrasado a um centro de Renato Santos da direita, num lance que foi o paradigma da equipa no primeiro tempo.

Os locais trocavam bem a bola, imprimiam velocidade no jogo, mas faltava quem finalizasse os lances construídos pelos médios e alas da equipa, com destaque para os irmãos Rocha, Romeu e Vasco.

O Belenenses via jogar, mas adiantou-se no marcador, aos 26 minutos, no primeiro ataque à baliza do Aves, com um cabeceamento de Marco Ferreira e com responsabilidades do guarda-redes Marafona, que, nove minutos depois, evitou o segundo, negando o golo a Tiago Silva, desmarcado por Fredy.

A partir daí, o Belenenses recuou ainda mais as linhas e deu toda a iniciativa aos locais, optando assumidamente pelo contra-ataque, mas o Aves falhava na finalização, como ficou patente aos 43 minutos, por Dally, em dois momentos seguidos.

A toada do jogo manteve-se no segundo tempo, mas seria o Belenenses a primeiro ameaçar a baliza contrária, num contra-ataque rápido de Diawara, que Marafona desfez fora da área.

A perder, José Vilaça colocou Rabiola em campo, no lugar do "apagado" Mamadu, e ganhou a aposta, com o avançado a dar a volta ao jogo, com golos aos 68 e 86 minutos, marcando de cabeça, na zona do ponta-de-lança, a corresponder a um centro de Leandro, e cobrando, depois, a grande penalidade, após falta cometida sobre si.

Nos instantes finais do encontro, o marcador podia ter sido alterado por Paulo Roberto e, na resposta, por Renato Santos, mas seria o Aves, com a melhor exibição da época, a sair premiado.

Após este jogo, o Belenenses, que somou a segunda derrota na prova, manteve os 21 pontos e caiu para o segundo lugar, atrás do Sporting B, vencedor hoje do “clássico” com o FC Porto B por 2-0, com 22, enquanto que o Aves passou a somar 16.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário