segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Futsal: Crónica do Belenenses - Matraquilhos

Postado Por: with Sem Comentarios
A equipa sénior de futsal do Belenenses derrotou a formação açoriana dos Matraquilhos por categóricos 7-0, em jogo da 5ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão - Série B, disputado no Pavilhão Acácio Rosa, no Restelo, tendo-se isolado na liderança da classificação.

Como tem sido habitual, o técnico João Freitas Pinto repetiu (pela sexta vez consecutiva) o cinco inicial da nossa equipa, com Roger na baliza e Cautela, Tiago Carvalho, Bruno Pinto e Drula como jogadores de campo.

O Belenenses entrou bem na partida, com boa posse de bola e pressionando o adversário, tendo criado várias ocasiões de golo nos minutos iniciais e tendo inaugurado o marcador aos 5 minutos, por intermédio de Bruno Pinto, com um forte remate cruzado, quase sem ângulo de remate, após passe de Drula.

Inaugurado o marcador, a nossa equipa continuou a pressionar o adversário, e no minuto seguinte elevou para 2-0, por intermédio de Tiago Carvalho, com um remate dentro da área, após passe de Bruno Pinto.

A equipa adversária pouco conseguia fazer para impedir a superioridade da nossa equipa e só aos 9 minutos criou a primeira situação de perigo, com um remate cruzado que passou rente à baliza de Roger.

Pouco depois, aos 11 minutos, Bruno Pinto rematou forte ao poste da baliza da equipa insular, na sequência de um pontapé de canto.

Tempo então do técnico João Freitas Pinto iniciar a habitual rotação da equipa, com o ritmo de jogo a baixar consideravelmente e a equipa a facilitar em alguns lances. Até ao intervalo, foram poucos os lances em que o Belenenses voltou a estar perto do golo, com destaque apenas para uma ocasião desperdiçada por Leandrinho, aos 17 minutos, na sequência de uma jogada estudada na marcação de um livre.

O intervalo fez bem à nossa equipa, pois regressou dos balneários com maior determinação, dominando o encontro, praticando um futsal bastante interessante, com as ocasiões de golo a sucederem-se, e Drula, Célio e Bruno Pinto a revelarem pouco acerto na finalização.

Aos 23 minutos, Drula rematou forte ao poste da baliza contrária, após jogada individual, adivinhando-se o terceiro golo da equipa a qualquer momento. No entanto, ainda antes do terceiro golo, foi a vez de Marco Mateus fazer uma boa intervenção, evitando o golo da equipa do Matraquilhos.

Só aos 27 minutos o Belenenses chegou ao esperado e merecido golo, por intermédio de Osvaldo, com um remate colocado de primeira, após livre marcado por Drula.

O mesmo Osvaldo, poucos segundos depois, esteve perto de novo golo, ao rematar ao poste na resposta a uma assistência de Leandrinho. Aos 28 minutos, foi novamente Drula a atirar ao poste da baliza contrária, num remate de longa distância.

O festival de golos desperdiçados pela nossa equipa foi interrompido aos 31 minutos, quando o adversário esteve muito perto de reduzir o marcador, num lance onde Osvaldo evitou o pior em cima da linha de golo. O mesmo Osvaldo que aos 33 minutos esteve novamente perto de marcar, após assistência de Zé Daniel.

Aos 34 minutos, o Belenenses beneficiou da expulsão de um atleta contrário, por palavras, para dispor de superioridade numérica e elevar o marcador para 4-0, por intermédio de Rúben Simões, a emendar ao segundo poste uma assistência de Leandrinho.

A equipa adversária reagiu a este golo com a aposta no 5x4, tendo João Freitas Pinto respondido da mesma forma, retirando posse de bola ao adversário. Aos 38 minutos, Zé Daniel recuperou uma bola no 5x4 do adversário, para rematar ainda no nosso meio-campo para uma baliza deserta, elevando para 5-0, fazendo o seu primeiro golo ao serviço do Belenenses, o que foi amplamente festejado pelos seus companheiros de equipa.

Tempo ainda para o Belenenses fazer dois golos no minuto final do encontro, primeiro por intermédio de Osvaldo, num lance em que surgiu isolado frente ao guarda-redes contrário, tendo finalizado o lance de forma sensacional, para gáudio dos adeptos presentes no Acácio Rosa, que ainda viram Leandrinho fazer o 7-0 final, concluindo um passe de Rúben Simões e dando uma expressão mais verdadeira ao resultado, fruto de uma segunda parte muito bem conseguida.

Destaque para as boas exibições realizadas por Amarante e por Osvaldo, dois jogadores pouco utilizados nos últimos jogos e que mostraram hoje que podem ser opções importantes para o técnico João Freitas Pinto.

Com esta vitória, beneficiando dos outros resultados da jornada, a nossa equipa isolou-se na liderança do campeonato, com cinco vitórias em cinco jogos, tendo agora três pontos de avanço sobre o segundo classificado e tendo ainda o melhor ataque e a melhor defesa do campeonato.

O Belenenses alinhou com: Roger (Gr); Cautela, Tiago Carvalho (1 Golo), Bruno Pinto (1 Golo) e Drula.
Jogaram ainda: Marco Mateus (Gr); Osvaldo (2 Golos), Célio, Zé Daniel (1 Golo), Amarante, Rúben Simões (1 Golo) e Leandrinho (1 Golo).

Resultado Final: 
 Belenenses 7 - 0 Matraquilhos
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário