terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Futsal: Crónica do Vila Verde - Belenenses

Postado Por: with Sem Comentarios
A equipa sénior de futsal do Belenenses foi derrotada pela formação do SC Vila Verde por 2-1, em jogo em atraso da 8ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão – Série B, disputado no Pavilhão do SC Vila Verde, na Terrugem, não conseguindo isolar-se no comando da classificação, conforme pretendido.

O Belenenses entrou em campo com Roger na baliza, e com Cautela, Canina, Bruno Pinto e Drula como jogadores de campo.

Foi um Belenenses amorfo, sem agressividade e sem velocidade, aquele que surgiu no Pavilhão do SC Vila Verde, bem composto de público afecto às duas equipas, com Roger a ser o melhor elemento da nossa equipa evitando o golo por algumas ocasiões.

A equipa da casa materializou a sua superioridade no encontro aos 7 minutos, num lance de insistência, após duas belas intervenções de Roger, concretizando à terceira, com a colaboração involuntária de um nosso jogador. Estava inaugurado o marcador, e esperava-se que com este golo sofrido, a nossa equipa reagisse de imediato.

Porém, foi a equipa da casa quem continuou a comandar o encontro, estando novamente perto do golo aos 9 minutos, quando rematou com estrondo ao poste da baliza de Roger.

Sem surpresa, o SC Vila Verde ampliou o marcador, aos 16 minutos, num forte remate de Tuka, na marcação de um livre, se bem que nessa altura, já o Belenenses começasse a equilibrar o jogo, procurando iniciativas atacantes com mais acutilância.

Esta reacção da nossa equipa no final da primeira parte, podia ter expressão aos 17 minutos, num lance em que Célio falhou o golo, numa emenda perto da linha de baliza, que poderia ter levado as equipas para os balneários com o resultado a expressar uma margem mínima no marcador.

No regresso dos balneários, após o intervalo, finalmente tivemos uma equipa a jogar à Belenenses, com mais agressividade, com mais velocidade e com vontade de dar a volta ao marcador.

Aos 25 minutos, Zé Daniel esteve muito perto do golo, tendo o mesmo Zé Daniel, no minuto seguinte, rematado forte ao poste da baliza da equipa da casa, justificando-se já nessa altura o golo da nossa equipa.

Também a formação da casa, cada vez mais fechada no seu meio-campo e apenas esboçando tímidos contra-ataques, esteve perto do golo, num desses lances, finalizado com um remate ao poste da baliza de Roger.

Pouco depois, aos 29 minutos, a formação da casa viu Dino ser expulso, por acumulação de amarelos, passando o Belenenses a jogar em 4x3 durante dois minutos, sem conseguir tirar vantagem dessa superioridade numérica, apesar de dispor de vários remates perigosos nesse período de tempo, com destaque para um lance onde Bruno Martins desperdiçou um golo feito.

O mesmo Bruno Martins, aos 32 minutos, redimiu-se desse falhanço e reduziu o marcador para 2-1, com um remate colocado após assistência de Leandro, fazendo renovar a esperança da equipa e de todos os adeptos do Belenenses presentes nas bancadas em conseguirmos dar a volta ao jogo e ao resultado.

Situação que esteve muito próxima de acontecer aos 34 minutos, quando Bruno Pinto surgiu isolado frente ao guarda-redes adversário e não conseguiu concretizar, num lance com mérito para o guarda-redes adversário que efectuou uma segunda parte de elevado nível, sendo o principal responsável pela conquista dos três pontos da sua equipa.

O minuto 35 ficou marcado pela quinta falta da formação da casa e por mais uma expulsão de um jogador adversário, com vermelho directo, que colocou novamente o Belenenses a jogar em 4x3 durante dois minutos, sem novamente tirar partido dessa situação, tendo Bruno Martins no lance mais perigoso desse período, emendado, com um remate em cima da linha de baliza, com a bola a embater com estrondo na barra da baliza contrária, ressaltando para fora, quando todos já festejavam o golo do empate.

Com o jogo a aproximar-se do final, o técnico João Freitas Pinto, apostou então no 5x4, tendo novamente estado muito perto do golo, numa nova emenda de Bruno Martins aos 39 minutos, dispondo no último segundo de jogo, após um recuperação de bola, de nova ocasião nítida de golo para empatar o encontro, mas a emenda de Bruno Pinto encontrou pela frente um guarda-redes em grande nível, que evitou uma vez mais o golo com uma defesa sensacional.

Foi uma derrota injusta da nossa equipa, sobretudo pelo trabalho desenvolvido na segunda parte do encontro, onde mais uma vez não pudemos contar com Drula, que saiu lesionado no decorrer do jogo, mas que se aceita, pela primeira parte que demos de avanço ao adversário, onde Roger impediu que o resultado não fosse mais volumoso ao intervalo, e pelo mérito da equipa adversária, que defendeu muito bem a vantagem no marcador.

Com este resultado, a nossa equipa não conseguiu isolar-se na classificação, mantendo-se em segundo lugar, com os mesmos pontos do líder, mas vendo reduzir a distância para os seus perseguidores.

Belenenses: Roger (Gr); Cautela, Canina, Bruno Pinto e Drula.
Jogaram ainda: Tiago Carvalho, Osvaldo, Bruno Martins (1 Golo), Leandro, Célio e Zé Daniel.

Resultado Final:
SC Vila Verde 2 - 1 Belenenses
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário