quinta-feira, 9 de maio de 2013

Futsal: Entrevista ao treinador Campeão Nacional

Postado Por: with Sem Comentarios
Carlos Teixeira era, até início de Março, o treinador principal da nossa equipa de juniores. A saída abrupta da anterior equipa técnica precipitou o inesperado convite. Carlos, que esperava por esta altura estar concentradíssimo na luta pela Taça Nacional de Juniores, acabou por ser o timoneiro na grande reConquista: o futsal do Belenenses voltou à 1ª Divisão!

Objectivo da subida de divisão alcançado. Hora do contacto com os adeptos. E tu até estás muito bem cotado junto dos adeptos do Belenenses. Sentes-te bem com isso?
Muito bem, sempre tive uma boa relação com os adeptos, talvez porque sabem que desde sempre dei tudo por esta camisola. Nem sempre fiz tudo bem, mas a entrega e o respeito pelo emblema, esses estiveram sempre em 1º lugar.

As primeiras semanas não foram fáceis…
Quando há alteração de liderança, perde-se umas coisas, ganha-se outras e realmente as três primeiras semanas foram de conhecimento mútuo, de assimilação de novos métodos de trabalho, de uma nova forma de comunicação. A juntar a isto os dois primeiros resultados também não ajudaram. Mas senti sempre que iríamos conseguir, pela vontade que via nos jogadores em tentar pôr em prática rapidamente o que era pedido.

A verdade é que assumiste a equipa em 1º lugar da classificação e, embora tivesse havido nessa altura um tropeção, nunca deixaste de ser comandante e vais terminar em 1º lugar. Alguma vez "tremeste"? Alguma vez pensaste que não iriam conseguir?
Costumo dizer muitas vezes que "os jogos só terminam quando o arbitro apita" e a verdade é que nunca podemos dar as coisas como certas de acontecer, mas sempre estive muito confiante. Confiança essa que me era passada pelos atletas, desde a primeira conversa, desde o primeiro treino, pela atitude em jogo, sempre os senti muito comigo e com muita vontade de devolver o Belenenses ao lugar que lhe é devido.

Objectivo claro de vencer a Taça Nacional está ao alcance da equipa júnior?
Acredito que sim. Esta equipa de juniores trabalha junta há 2 anos e alguns há 3 anos. É um projecto forte da Secção, que tem tudo para dar certo. Se nos mantivermos humildes, trabalhadores e ambiciosos, como até aqui, iremos sem dúvida discutir o título nacional.

E agora? O que vamos ter até final da época?
Vamos preparar-nos convenientemente para a disputa do título nacional, pois é algo que ambicionamos vencer. Tornar esta época inesquecível, quanto mais não seja para fazer lembrar que o lugar do Belenenses não poderá ser, nunca mais, na 2ª divisão.

Por fim, dedico este título a todos os adeptos. Os que nos acompanham e também aos outros. Tenho 8 anos de Clube e já vi bancadas cheias e vazias. Já assisti a verdadeiros infernos e a jogos quase em família. Já me senti a ser levado por uma onda de apoio avassaladora, assim como já me senti sozinho.

Acreditem que sempre que acontece a primeira situação a equipa é mais forte e quase imbatível. O poder que vem da bancada é poderosíssimo, e os jogadores sentem isso como ninguém.

Este sucesso volta a colocar o Belenenses no seu lugar, e o que espero e anseio é que todos os que antes nos apoiavam e por nós vibravam, voltem à bancada. Este sucesso é acima de tudo para eles e para o prestígio do Clube de Futebol «Os Belenenses».

Entrevista Completa:
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário