domingo, 21 de julho de 2013

«Reforços» colocam Estoril na final ao vencer o Belenenses

Postado Por: with Sem Comentarios
O Estoril-Praia apurou-se ontem para a final da Taça de Honra de Lisboa de futebol, ao vencer o Belenenses, por 3-0, no primeiro encontro das meias-finais, graças aos tentos dos “reforços” Babanco e João Pedro Galvão.

O internacional cabo-verdiano, proveniente do Olhanense, inaugurou o marcador, aos 23 minutos, mas seria um ''bis'' de João Pedro Galvão (ex-Santos), aos 52 e 69, a confirmar a presença dos estorilistas na final da competição, que decorre durante o fim de semana, no Estádio António Coimbra da Mota.

O reencontro entre os dois históricos lisboetas teve, quase sempre, o sentido da baliza de Matt Jones, à exceção dos primeiros 10 minutos, em que o Belenenses conseguiu controlar as iniciativas do adversário.

O domínio dos ''canarinhos'', perante um frágil Belenenses, acabaria por ser efetivado através de Babanco, mas Fredy quase repunha a igualdade no minuto seguinte, também num lance de bola parada.

De resto, esse seria mesmo o único lance de perigo do Belenenses em todo o jogo, em contraste com a mão cheia de oportunidades do Estoril, que dilatou a vantagem no segundo tempo, por intermédio de João Pedro Galvão, na sequência de uma má reposição de bola de Matt Jones.

As oportunidades dos ''canarinhos'' iam surgindo em catadupa e, depois de Luis Leal não conseguir ultrapassar a oposição de André Teixeira, primeiro, e Matt Jones, depois, caberia a João Pedro Galvão assumir o ''papel'' de ''homem do jogo'', com o segundo da conta pessoal.

Belenenses: Matt Jones, Duarte Machado, João Afonso, Kay, Filipe Ferreira, Fernando Ferreira, Diakité, Fredy, Diawara, Arsénio e Rambé.

Jogaram ainda: André Teixeira, Adilson, Fábio Sturgeon, Tiago Caeiro e Jonsson.

Treinador: Mitchell van der Gaag.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário