segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Futebol Feminino: Entrevista com Tatiana Dinis

Postado Por: with Sem Comentarios
Como é que começaste a praticar futebol?
Sempre joguei à bola desde pequena. O meu pai é treinador de futebol e o meu irmão foi jogador por isso sempre estive com a bola entre os pés. Sempre gostei de sentir o cheiro do relvado e sentir aquela atmosfera que o rodeia e então comecei a ter o gosto de ter a bola por perto.

Tiveste o apoio da tua família?
Ao inicio não, todos achavam que o futebol era para rapazes mas depois começaram a ver que aquilo era a minha vida e então começaram por apoiar. Ainda hoje por vezes deparo-me com pessoas a dizer que o futebol é para homens o que me deixa realmente triste.

O futebol foi sempre a única paixão , ou gostavas de fazer desporto em geral?
Gosto de fazer desporto em geral mas sem duvida que o futebol para mim é Tudo!

Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?
O melhor momento penso que foi quando entrei em campo com a camisola das quinas. Esse foi realmente o melhor momento porque ao estar ali é uma recompensa do meu trabalho Pior momento penso que foi quando levei vermelho direto pela primeira vez. Fiquei em pânico porque nunca me tinha acontecido mas depois passou (ahahah).

Como te descreves como jogadora?
Penso que sou uma jogadora que dá sempre 200% em campo. Não sou jogadora de ter a bola nos pés, gosto de fazer passes a rasgar e não sou boa em situações de bola no ar

Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?
Gosto de vestir os calçoes e as meias primeiro e depois sim a camisola (ahahah) não sei bem porquê mas foi uma coisa que nasceu comigo no futebol.

O que te motiva para continuares a jogar futebol?
A paixão pela bola!

Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?
Sinceramente já! Ja senti que em certa altura não conseguia jogar futebol e estudar ao mesmo tempo por causa dos horários dos treinos, mas sempre ouvi dizer ”quem corre por gosto não cansa”.

A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?
Não! É um problema de desvalorização entre os sexos.

Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?
Certamente!

Achas que num futuro próximo vamos ter uma liga profissional em Portugal?
Penso que sim! A Professoa Mónica Jorge tem feito um trabalho excelente e claramente que no futuro iremos ter uma liga profissional.

Qual a liga estrangeira que mais te atrai?
Futebol Inglês! O futebol inglês e certamente o melhor! A maneira de jogar lá é incrivel.

Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?
Claramente! Quero fazer do futebol a minha vida!

Até quando pensas jogar futebol?
Até não poder com os pés ahahah.

Como é vestir a camisola da selecção portuguesa?
E algo do outro mundo! Nunca pensei que essa oportunidade acontecesse mas assim que ela surgiu agarrei-a com unhas e dentes!

Qual a sensação antes de entrar em campo na 1ª internacionalização? As pernas tremem muito?
E uma sensação inexplicável! Eu nem sei bem o que senti naquele momento, apenas quis fazer o meu melhor e desfrutar do momento.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário