terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sp. Braga vence Belenenses e junta-se aos líderes

Postado Por: with Sem Comentarios
Um golo de Santos, já em período de descontos, deu ontem ao Sporting de Braga um suado triunfo sobre o Belenenses, por 2-1, na segunda jornada da I Liga de futebol, num jogo globalmente de má qualidade.

Foi a terceira vitória em outros tantos jogos oficiais dos minhotos (depois de uma pré-época invicta), o que não deixa de ser um bom indicador para a segunda mão do ''play-off'' da Liga Europa, na quinta-feira, diante dos romenos do Pandurii, mas o futebol praticado pela equipa de Jesualdo Ferreira está longe de encantar.

O treinador bracarense promoveu quatro alterações no ''onze'', dando corpo à gestão de um plantel que vai completar um ciclo de cinco jogos em 16 dias quando visitar o Gil Vicente na terceira jornada, a 01 de setembro, enquanto o Belenenses, depois da pesada derrota caseira na jornada inaugural (3-0 com o Rio Ave), chegou a Braga com um meio-campo mais povoado, mas demasiado tímido no ataque e nervoso na defesa.

O Braga denota ainda uma falta de ligação entre setores que torna o seu jogo previsível e muito dependente dos fogachos individuais de Rúben Micael, mas a vitória ajusta-se, penalizando um Belenenses muito frágil.

O primeiro golo da partida surgiu de um erro primário de Fernando Ferreira: sem qualquer oposição e quando se preparava para iniciar uma jogada depois de um corte de João Meira no centro da defesa, o capitão ''azul'' pôs a mão à bola e o árbitro Carlos Xistra marcou a grande penalidade que Edinho converteu com classe (19).

O Braga controlava a partida, mas sem conseguir criar lances de perigo, com a exceção de um remate de Pardo, forte, já com pouco ângulo, que o guarda-redes do Belenenses defendeu com alguma dificuldade (07).

A equipa lisboeta reagiu ao golo sofrido e Fredy podia ter feito bem melhor, mas em excelente posição na área rematou muito por cima (20). Kay por duas vezes (35 e 41), ambas de cabeça e após bolas paradas, também criou perigo, mas pertenceu a Edinho a melhor oportunidade, depois de nova ''oferta'' do último reduto adversário - um mau atraso de Kay -, mas o avançado rematou às malhas laterais (30).

Na segunda parte, e mesmo a perder, o Belenenses raramente avançou no terreno, posicionando-se sempre atrás da linha da bola, mas conseguiu chegar ao empate, aproveitando um erro de Eduardo numa saída a um canto. Diakité saltou mais e cabeceou para o fundo das redes (74).

O Braga reagiu e Rúben Micael esteve em evidência em três ocasiões (77, 78 e 83), nas duas primeiras foi infeliz nos remates e na última Matt Jones fez uma grande defesa.

Até que, já com os centrais na área ''azul'', Santos antecipou-se ao marcador direto, após centro de Joãozinho, cabeceou muito colocado, mas sem grande força, contando com a ''colaboração'' de Matt Jones (90+1).

Programa da Jornada:

Sábado, 24 de Agosto de 2013
  • Olhanense – Paços Ferreira, 1-0
  • Académica – Sporting, 0-4

Domingo, 25 de Agosto de 2013
  • Rio Ave – V. Setúbal, 2-0
  • Nacional – Guimarães, 1-1
  • Benfica – Gil Vicente, 2-1
  • Arouca – Estoril, 1-2
  • FC Porto – Marítimo, 3-0

Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2013
  • Sp. Braga – Belenenses, 2-1
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário