segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Futsal: Comentários ao Belenenses/ElPozo - Boavista

Postado Por: with Sem Comentarios
No final do encontro deste sábado, que culminou com a excelente vitória do Belenenses/ElPozo sobre a difícil formação do Boavista, por 4-0, recolhemos as primeiras declarações do técnico Carlos Teixeira sobre o jogo, não escondendo a sua satisfação e orgulho pelo resultado e pela exibição conseguida pelos seus atletas.

Satisfeito com o jogo e com o resultado?
Bastante satisfeito, com um agradável sentimento de dever cumprido. Sabíamos que era de capital importância entrar a vencer no campeonato, diante de uma equipa muito experiente e matreira, e conseguimos anular os seus pontos fortes, e em grande parte do jogo, impor o nosso futsal.

A exibição da equipa surpreendeu-o?
Não. Quem conhece e trabalha diariamente com estes jogadores sabe da qualidade existente e sabe também que nos vamos bater com qualquer equipa e que não prestaremos vassalagem a ninguém. Fomos percebendo ao longo da semana, e nos momentos que antecederam o jogo, da enorme vontade em fazermos as coisas bem, em começarmos a escrever a nossa história, e conseguimos depois traduzir isso mesmo dentro do campo.

Foi importante para a equipa não sofrer golos?
Importantíssimo. Os jogadores sabem que prefiro ganhar por 1-0 do que por 6-5. Sou apologista que uma equipa se constrói de trás para a frente, embora goste de assumir as despesas do jogo e de agir ao invés de reagir, mas é numa defesa sólida que assenta a base da equipa e que começamos a defender na nossa posse de bola, pelo posicionamento da equipa em campo, embora tenha havido uma ou outra falha, a nossa equipa hoje conseguiu colocar essa idéia em campo.

Hoje não se notou muito a juventude e inexperiência da equipa. Era isso que esperava?
Essa situação faz parte do processo de aprendizagem e evolução. Este jogo foi mais um passo, como é natural ainda se nota essa imaturidade e algum desconforto em determinados momentos do jogo. Por vezes ainda aparece algum descontrolo emocional, mas que é compensado com muita entrega, sendo ajudados, e muito, pelos jogadores mais experientes, que têm um papel primodial neste processo.

O pavilhão estava muito composto. Foi importante o apoio dos nossos adeptos?
Foi arrepiante! A partir de determinada altura do jogo foi avassaladora a onda de apoio que nos chegava da bancada, onda essa que transportou a equipa para índices exibicionais muito bons. Nada conquistámos ainda, ganhámos apenas um jogo, a época será longa e muito dura, haverá momentos bons e outros menos bons, mas com o apoio dos nossos adeptos estaremos sempre um passo mais perto da vitória. Agradecemos o vosso apoio neste e nos próximos jogos. Viva o Belenenses/ElPozo.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário