quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Futsal: Comentários ao Rio Ave - Belenenses/ElPozo

Postado Por: with Sem Comentarios
No final do encontro, que culminou com a primeira derrota (2-1) do Belenenses/Elpozo no campeonato, no recinto do Rio Ave, terceiro classificado da fase regular do campeonato transacto, recolhemos as primeiras declarações do técnico Carlos Teixeira sobre o jogo.

Primeira derrota da nossa equipa no campeonato, num jogo muito equilibrado e muito disputado. Que comentários fazes a este jogo?
Foi um jogo intenso, nem sempre bem jogado mas muito disputado, onde entrámos mal, tivemos cinco ou seis minutos maus, em que o adversário podia ter feito mais um ou dois golos, mas conversámos, corrigimos e equilibrámos o jogo, chegando em alguns momentos a comandar o mesmo. Conseguimos empatar antes do intervalo e na segunda parte tivemos um jogo mais equilibrado, em que qualquer uma das equipas poderia ter chegado ao golo. Foi mais feliz o Rio Ave. Fomos atrás, tentámos tudo, inclusive o 5x4 mas não conseguimos. No final fica um amargo de boca e a certeza que os jogadores mereciam mais.

A nossa equipa entrou muito mal no encontro, sofrendo um golo nos primeiros segundos e só conseguiu libertar-se por volta dos seis minutos de jogo. A que se deveu isso?
Estamos atentos a essa situação, vamos conversar dentro do grupo, corrigir o que tiver que ser corrigido e de certeza que nos próximos jogos se verá uma evolução colectiva nesse sentido.

Depois desse período, não só equilibrámos como chegámos a estar por cima do jogo...
Tivemos bons momentos, na casa de uma das melhores equipas nacionais, bem orientada, com internacionais e ex-internacionais de muita qualidade e isso prova também a qualidade dos nossos jogadores. Não gosto de perder, nem acredito em vitórias morais, mas este jogo trouxe-nos ainda mais a certeza que estamos no caminho certo.

Já na segunda parte, com um empate no marcador, surgiu o lance do golo não validado ao Bruno Martins. Como analisas esse lance?
Bom, se os quatro segundos (na marcação do canto) se esgotaram, o árbitro deve apitar imediatamente e não quando aparece um jogador ao segundo poste a fazer golo. Mas não me queria alongar muito a esse respeito, pois se quando ganhámos não falei da arbitragem agora que perdemos também não o quero fazer. Os principais responsáveis pela derrota fomos nós e não os árbitros.

Esta derrota vai ter efeitos na preparação do próximo jogo, na recepção aos Leões de Porto Salvo?
De maneira nenhuma. Traçámos um rumo orientador, uma filosofia de trabalho bem vincada, acreditamos muito naquilo que fazemos e nada nos fará desviar do nosso caminho. Aproveito para pedir aos nossos adeptos que nos venham apoiar, fazendo do Pavilhão Acácio Rosa um inferno, ajudando-nos na busca dos três pontos em disputa. Com vocês tudo fica menos difícil. Acreditem em nós. Viva o Belenenses/Elpozo!
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário