sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Gonçalo Brandão reforça Belenenses

Postado Por: with Sem Comentarios
Defesa central de 27 anos regressa uma casa que bem conhece, para reforçar o eixo central da defesa belenense. Gonçalo Brandão chega por empréstimo e junta-se assim aos reforços Linz, avançado austríaco, e a Rambé, jovem jogador do Belenenses que retorna ao clube depois de uma passagem pelo Farense.

Depois de assegurada a contratação do avançado austríaco Roland Linz, o Belenenses foi ao mercado recrutar um defesa que conhece muito bem os cantos à casa de Belém: Gonçalo Brandão, defesa central de 27 anos, chega por empréstimo da equipa italiana do Parma, por um curto período de 6 meses. O defesa português chegou a acordo com o Belenenses no sentido de reforçar o plantel, que viu partir há dias o médio defensivo Diakité e está à beira de perder Kay, opção defensiva que parece estar com um pé fora do clube da Cruz de Cristo. Gonçalo faz parte da vaga de contratações de Inverno que pretende dar a Marco Paulo maior escolha na elaboração do onze belenense, necessitado de profundidade e de soluções, tanto defensivas como ofensivas - depois de Linz e do regresso do avançado Rambé, Gonçalo Brandão chega ao clube para aumentar o leque de opções no eixo defensivo.

Retornar a casa.
Vinculado ao Parma, clube pelo qual assinou em 2011/2012, Gonçalo Brandão regressa, com assentimento do clube italiano, para uma estadia de 6 meses no seu clube de formação, onde deu os primeiros passos enquanto profissional de futebol. Radicado em Itália desde a época de 2008/2009, o defesa luso passou três temporadas no Siena, onde liderou a defesa do clube da Toscânia, saindo depois para o Parma, onde nunca vingou. Emprestado ao Cesena, Gonçalo voltou a jogar regularmente mas, no ano passado, um novo empréstimo veio condenar o jogador à inactividade: em meia época, apenas 1 jogo disputado ao serviço do Cluj, da Roménia. O retorno a casa poderá dar novo impulso à carreira do central. Caso o Beleneses consiga corresponder aos valores exigidos pelo Parma, os 6 meses poder-se-ão, mediante um valor pré-definido aquando da negociação, transformar numa mudança definitiva.

Bruno Falcão Cardoso
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário