domingo, 18 de novembro de 2012

Antevisão e Convocatória para o Belenenses - Pedra Rubras

Postado Por: with 1 Comentario
Em conferência de imprensa, realizada na sala de imprensa do Estádio do Restelo, o treinador Mitchell Van Der Gaag e o jogador Eridson fizeram a antevisão do jogo frente ao Pedras Rubras a contar para a 4 ª Eliminatória da Taça de Portugal.

Van Der Gaag:

"Nós vimos alguns jogos do Pedras Rubras, foi bem clara a vitória da ultima eliminatória frente ao União da Madeira, onde a perderem por 0-2 foram ganhar 3-2 e o União é uma equipa do nosso campeonato, mas o nosso objectivo como sempre passa por vencer, vamos jogar em casa temos de ganhar. Queremos evitar as surpresas da Taça. Vamos entrar num ciclo difícil, com muito jogos e complicados até ao fim do ano, e com a qualidade do nosso plantel todos terão oportunidade de jogar. O único jogador de fora é o Eridson, o Rambé tem estado a trabalhar, ganhou um mês ao que estava previsto de recuperação. É um jogador forte fisicamente e fez uma boa pré-temporada. Para já a temporada está a correr bem e o balanço é positivo, agora temos de continuar e melhorar o que ainda não está perfeito."

Eridson:

"Em relação á lesão não há datas e quando estiver melhor o departamento médico dirá quando posso treinar. Quanto á minha decisão de vir para o Belenenses penso que foi a correta e estou feliz. A equipa está bem o ambiente é fantástico e os resultados têm aparecido aliado a isto temos conseguido praticar bom futebol. As diferenças entre a primeira e a segunda liga acima de tudo é o espaço que existe para jogar que na Segunda é menor. Pessoalmente quero fazer o máximo de jogos e trabalho para isso."

O técnico Mitchell Van der Gaag divulgou a lista de atletas convocados para o jogo de Hoje, domingo, com o Pedra Rubras para os 1/16 final da Taça de Portugal.

O nosso técnico convocou os seguintes jogadores:

Guarda-Redes: Matt Jones e Filipe Mendes;

Defesas: André Teixeira, Kay, João Afonso e Nelson;

Médios: Ricardo Alves, Diakité, Fernando Ferreira, Yacine, Desmarets, Arsénio, Tiago Silva e Ruizinho;

Avançados: Mamadou, Paulo Roberto, Zambujo e Rambé.
Unidos vamos Vencer!
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

1 comentário:

  1. [Juniores] Belenenses, 1 - Benfica, 1

    Belenenses a centímetros da vitória, no derradeiro remate da partida. Brevemente, teremos aqui os comentários dos treinadores Rui Gregório (Belenenses) e João Tralhão (Benfica).

    Entrou melhor o Belenenses e podia ter-se adiantado no marcador logo aos 4 minutos, não fora a boa defesa do guardião encarnado a remate de Pedro Torrado. A partir do quarto de hora o Benfica equilibrou e ganhou algum ascendente, traduzido em cantos, esbarrando sempre na atenção da defesa do Restelo. Sem que a acção dos extremos lograsse qualquer efeito, o médio Bernardo Silva tomou o assunto em mãos e por sua iniciativa inaugurou o marcador.

    Reagiu bem o Belenenses, com um Fábio Sturgeon difícil de parar sem recurso a falta. Aos 34 minutos desse livre resultou bola ao poste e aos 42 tivemos mesmo a ilusão de uma grande penalidade, mas afinal tinha sido fora da área. Este "sinal mais" belenense continuou pelo segundo tempo adentro, até se chegar ao golo do empate. A reviravolta podia ter ocorrido pouco depois, num lance envolvendo uma vez mais Fábio Sturgeon, só que o remate final de Tomás Gregório saiu com má pontaria.

    Tentou então o Benfica recuperar a iniciativa, ganhando estatisticamente alguma supremacia em termos de posse de bola e respectiva circulação, mas sem que conseguisse melhor do que testar a atenção de Ricardo Fernandes num livre apontado aos 72 minutos. Aliás, o seu jogo era sempre muito igual: começava em Filipe Nascimento e passava por Sancidino Silva entrar pela ala esquerda do ataque, até esbarrar na defesa contrária.

    Do lado oposto Rui Gregório foi refrescando paulatinamente o ataque e teve à beira de colher frutos dessa estratégia no derradeiro minuto do tempo complementar, quando Gonçalo Barroso, isolado na cara do golo, falhou a pontaria.

    Alguns destaques da partida, começando pelo Benfica. Da primeira parte, destacamos o médio Bernardo Silva, sempre muito dinâmivo e esclarecido, e o atacante Carlos Sequeira. Pareceu-nos que Bernardo Silva terá perdido parte do seu élan quando veio ocupar a ala direita do ataque, além de não termos visto vantagens na troca de Carlos Sequeira por Sancidino Silva, pese embora a classe deste último. Para a segunda parte, tivemos a entrada de Filipe Nascimento para o meio-campo e o interessante duelo travado entre Eliseu Cassamá e o belenense Miguel Lopes.

    Quanto ao Belenenses, e começando pela defesa, que trabalhou sempre imenso, hoje é dia de destacar Nuno Malheiro. Na zona intermediária, Tomás Gregório esteve bem, mas Pedro Torrado foi excelente. Já no ataque, Fábio Sturgeon é a escolha óbvia, pensando não apenas no Belenenses, mas a uma escala global. Gonçalo Barroso teve pormenores inteligentes e ficar-lhe-ia bem entregue o golo da vitória.

    Campo nº 2 do Estádio do Restelo, 17 de Novembro de 2012, 15:00 horas.
    12ª Jornada do Campeonato Nacional Juniores da 1ª Divisão (1ª Fase, Zona Sul), 2012/2013.
    Sob a arbitragem de Paulo Barradas, auxiliado por André Loução e João Martinho (AF Setúbal), as equipas alinharam:
    Belenenses: 1- Ricardo Fernandes; 2- David Carvalho, 3- Nuno Neves "cap.", 4- Nuno Tomás e 5- Nuno Malheiro; 6- Pedro Torrado, 7- Gonçalo Ribeiro (14- Fábio Meirinhos, aos 87'), 8- Tomás Gregório e 9- Gonçalo Gregório (18- Gonçalo Barroso, aos 71'); 10- Fábio Sturgeon e 11- João Pinto (16- Miguel Lopes, aos 60'). Treinador: Rui Gregório.
    Benfica: 1- Miguel Santos; 2- Eliseu Cassamá, 3- Rudinilson Silva, 4- João Nunes e 5- Pedro Rebocho; 6- Valdomiro Lameira (16- Raphael Guzzo, aos 67'), 7- Eusébio Bancessi (14- Filipe Nascimento, aos 59'), 8- João Teixeira e 9- João Gomes; 10- Bernardo Silva "cap." e 11- Carlos Sequeira (18- Sancidino Silva, ao intervalo). Treinador: João Tralhão.
    Golos: 0-1, Bernardo Silva (30'); 1-1, Fábio Sturgeon (60').
    Acções disciplinares: amarelos para David Carvalho, Gonçalo Ribeiro, Fábio Sturgeon, Nuno Malheiro, Ricardo Fernandes e Nuno Neves (Belenenses); João Teixeira, João Gomes e Raphael Guzzo (Benfica).

    ResponderEliminar