quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Histórico Belenenses procura manutenção no regresso

Postado Por: with Sem Comentarios
Foto: Armada Azul

O Belenenses inicia a I Liga com o objetivo de se estabilizar entre os ''grandes'' do futebol nacional, tendo mantido a base de jogadores que ajudou o clube a sagrar-se campeão da II Liga na época passada.

Três anos depois de terem caído de divisão, os ''azuis'' procuram solidificar a sua posição no campeonato principal e evitar os dissabores do passado recente, dando sequência à época brilhante no segundo escalão.

Dessa forma, foram poucas as mexidas operadas no plantel às ordens do técnico Van der Gaag, que procurou, acima de tudo, dotar a equipa de maior experiência, tendo em conta que a grande maioria dos atletas que transitou nunca pisou os ''palcos'' da I Liga.

A dupla islandesa Helgi Danielsson e Eggert Jonsson chegou para reforçar o meio-campo, à semelhança do experiente Paulo Jorge, antigo jogador do Benfica, que já havia trabalhado com o treinador holandês no Marítimo e que se assume igualmente como alternativa ao ''capitão'' Duarte Machado na lateral direita.

Os jovens Kaká e Deyverson também foram recrutados, mas o principal e mais ambicionado reforço é um nome já conhecido entre a massa adepta: Miguel Rosa, médio proveniente do Benfica, que representou o Belenenses entre 2010 e 2012.

No entanto, os responsáveis ''azuis'' mantêm-se atentos ao mercado e ainda procuram mais um jogador ofensivo, sendo que o categorizado Eidur Gudjohnsen, antigo jogador de Chelsea e FC Barcelona, é o mais desejado.

Por outro lado, o médio francês Desmarets e o lateral esquerdo Nélson assumem papel de destaque entre as saídas, depois de terem sido fulcrais no ''xadrez'' da temporada transata.

A preparação para a nova época terminou da melhor forma, com a conquista do Troféu Diputación de Granada, mas, em nove jogos, o Belenenses apenas conquistou uma vitória nos 90 minutos, a abrir, frente ao Sindicato de Jogadores (2-0).

Pelo meio, houve embates com o Reading, Sivasspor e Recreativo de Huelva, entre outros, sendo que o saldo ficou em um triunfo, quatro empates e outras tantas derrotas.

Plantel provisório para 2013/2014:

Guarda-redes: Matt Jones, Filipe Mendes e Rafael Veloso.

Defesas: Duarte Machado, André Teixeira, Kay, João Meira, João Afonso, Filipe Ferreira e Kaká (ex-Vitória de Guimarães).

Médios: Diakité, Ricardo Alves, Helgi Danielsson (ex-AIK, Sue), Eggert Jonsson (ex-Charlton, Ing), Fernando Ferreira, Tiago Silva, Miguel Rosa (ex-Benfica), Paulo Jorge (ex-Gil Vicente), Arsénio e Fábio Sturgeon.

Avançados: Fredy, Tiago Caeiro, Rambé, Diawara e Deyverson (ex-Benfica).

Treinador: Mitchell van der Gaag.

Saídas: Nélson (Desportivo de Chaves), Daniel Martins (Beira-Mar), Eridson (Paços de Ferreira), Ruizinho (Santa Clara), Si Salem e Desmarets.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário