quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Futsal: Comentários ao Belenenses/ElPozo - Braga

Postado Por: with Sem Comentarios
No final do encontro com o SC Braga/AAUM, ouvimos o técnico Carlos Teixeira sobre o encontro, numa partida que, apesar de derrotado, a equipa do Belenenses/ElPozo realizou uma exibição positiva, dando uma boa réplica à forte equipa adversária e vendendo cara a derrota.

Uma derrota diante de uma das mais fortes equipas nacionais, mas o Belenenses/ElPozo deu boa réplica e deixou uma imagem positiva. Como analisas o jogo?
Foi um jogo dentro daquilo que esperávamos. Um jogo difícil, bastante intenso, face a uma equipa que, na minha opinião, até ao momento é aquela que melhor futsal está a praticar, com um futsal de qualidade, objetivo e seguro. Nós tentámos contrapor com uma estratégia que passava por uma solidez defensiva e por uma posse de bola acutilante. Julgo que assistimos a um jogo muito interessante de seguir, bastante disputado, com um justo vencedor, embora me pareça que terá sido por números exagerados.

Apesar da boa exibição realizada, falhámos por momentos em algumas acções defensivas, que resultaram em golo do adversário...
Houve algumas acções no jogo que poderíamos e deveríamos ter gerido de maneira diferente mas não se trata apenas de eventuais falhas nossas. Também temos que perceber onde fica a fronteira entre o nosso demérito e o mérito do adversário. Vamos continuar a trabalhar para percebermos melhor as situações e os momentos do jogo, mas mais do que falar em falhas ou facilidades, prefiro enaltecer a postura, a entrega, a atitude e a competência destes jogadores, cuja grande maioria tem apenas seis meses de experiência competitiva na divisão maior da modalidade.

Depois de recuperarmos do 1-4 para 3-4, e com o adversário já com 5 faltas, o momento que poderia ter mudado o rumo do jogo foi aquele lance do Drula, que o Beto defende com a cara, que daria o empate a poucos minutos do final. Esse foi um momento crucial do encontro?
Um jogo faz-se de momentos e esse foi realmente um deles, como houve outros para as duas equipas. Na minha opinião, e tendo que escolher um momento, diria que foi o minuto em que sofremos o terceiro e o quarto golo como o momento mais importante para o desfecho final do encontro. De realçar que estivemos por duas vezes quase fora do jogo, no 0-2 e no 1-4, e os nossos jogadores tiveram uma enorme demonstração de carácter, reagiram muito bem e mantiveram a equipa sempre viva na discussão do resultado.

As ausências do Miguel Cautela, ainda a recuperar de uma lesão, e do João Marques, a cumprir o último jogo de castigo, foram sentidas neste jogo?
Sinceramente não acho que se tenha notado a falta deles. Se o Cautela e o João Marques estivessem disponíveis poderiam ter sido importantes. Dariam mais opções. Não estando disponíveis, julgo que os atletas que jogaram foram dignos, competentes e dignificaram a camisola do Belenenses/Elpozo.

Nesta paragem de quatro semanas no campeonato, sofremos duas alterações no plantel, primeiro com a saída do Fabinho, a seu pedido, e depois com a entrada do Gabriel. Que comentários fazes a estas alterações?
Foi uma situação normal que pode acontece em qualquer grupo. Houve um atleta que saiu, o plantel ficou mais curto, entendemos que precisávamos de mais um elemento, e dentro das nossas possiblidades e dos jogadores disponíveis, achámos que o Gabriel será quem melhor se enquadra nas nossas necessidades.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário