sábado, 22 de março de 2014

SAD do Belenenses reduziu passivo em dois milhões na época passada

Postado Por: with Sem Comentarios
A SAD do Belenenses reduziu o passivo em dois milhões de euros no decorrer do exercício 2012/13, tendo registado um resultado líquido positivo de 87 mil euros, revelou hoje o presidente da sociedade anónima, Rui Pedro Soares.

As contas relativas à época passada, que serão apresentadas em Assembleia-Geral da SAD, a 02 de abril, foram ontem adiantadas num encontro com jornalistas, durante o qual Rui Pedro Soares se congratulou pela redução de 20,4 por cento, tendo em conta os "oito milhões de euros acumulados ao passivo, nas quatro épocas anteriores" à entrada da Codecity Sports Management (CSM) na sociedade.

"O passivo do Belenenses passou de 9,9 milhões de euros (ME), em junho de 2012, para 7,9, em junho de 2013, isto depois de um ano a competir na II Liga. Se no primeiro ano de II Liga baixámos o passivo em 20,4 por cento, não vamos precisar dos sete anos que tínhamos antecipado para reduzir o passivo do Belenenses a zero", começou por dizer.

A acrescentar à redução do passivo, as contas registaram resultado positivo no exercício de 2012/13, algo que, segundo o acionista maioritário, só tinha ocorrido por duas vezes, desde que a SAD foi constituída, em 1999.

"O resultado operacional em 2011/12 foi de 1,032 ME negativos e em 2012/13 o resultado líquido foi de 87 mil euros positivos", afirmou, antes de adiantar que as receitas aumentaram 650 mil euros, em 2012/13, enquanto os gastos com pessoal aumentaram cerca de 250 mil euros, "devido ao prémio de subida de divisão" atribuído à equipa de futebol, que se sagrou campeã da II Liga.

O presidente da SAD do Belenenses destacou ainda a redução de 100 mil euros da dívida ao Estado, mostrando-se confiante que os cerca de 2,5 ME de dívida "estarão reduzidos a zero, dentro de sete anos", tendo igualmente assumido que as contas do atual exercício (2013/14) voltarão a ser positivas e que somente as receitas de bilheteira "estão muito abaixo" do que tinha sido orçamentado.

"O valor que eventualmente teremos a mais nos proveitos, será com receitas extraordinárias, decorrentes da alienação de passes de jogadores. O resultado de 2013/14 será novamente positivo, mas só no final de junho saberemos qual é o valor, porque está dependente de receitas extraordinárias. De qualquer forma, sem as receitas extraordinárias já seria positivo", sublinhou.

Por outro lado, Rui Pedro Soares voltou a negar a intenção de vender a participação maioritária na SAD, tendo já iniciado nova OPA (operação pública de aquisição) para aumentar a percentagem detida (51,9 por cento).

"Não vou vender a ninguém. O meu projeto no Belenenses está a começar e, tendo em conta as contas que estou a apresentar, a situação não tem nada a ver com o ponto em que começámos", concluiu.
Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário